.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Porque eu sabia que os bons dias viriam...

Hoje, terça-feira, comecei no novíssimo emprego.

É que a vida é mesmo assim.

Numa altura andamos lixados para arranjar um trabalho, e quando nos aprecebemos temos dois.

Foi o meu caso. Tinha eu trabalhado alguns dias na EUK quando veio a resposta de uma entrevista que tinha feito há duas semanas atrás.

A mesma entrevista em que pediam para evar fato, e eu levei casaca de pele... castanha.

 

Hoje, entrei pela primeira vez nos armazéns Harrods... e para trabalhar.

Devo ser das poucas pessoas no mundo que na primeira vez que entrou naquele lugar fantástico o fez para trabalhar.

Mais uma vez não me livro dos armazéns.

É que também ali vou trabalhar nessa secção.

Mas acho que o chefe foi com a minha cara.

Primeiro, lembrava-se da minha entrevista (e sei que foram algumas) porque disse:

- Oh, You!

Segundo, porque de entre as funções possíveis da secção me deu a melhor.

Enquanto que outro que também começou hoje vai empacotar coisas compradas pela internet para serem enviadas, eu vou buscá-las.

Enquanto ele fica oito horas fechado na cave, eu vou ter a oportunidade de andar a recolher encomendas por todas as secções do Harrods, o que me permitirá conhecer aquele mundo fantástico e um monte de pessoas que lá trabalha.

 

Só no regresso a casa, sentado no Metro, me apercebi de como a minha vida mudou nos últimos meses.

Ainda há cerca de meio ano, estava eu deitado a ver televisão, sozinho num T3 em plena cidade de Mirandela, quando decidi que queria mudar de vida.

Resolvi que queria ir para Londres.

Hoje, estou a escrever este post, depois de um dia de trabalho no Harrods, sozinho apenas num quarto, em plena Londres.

 

O sonho está realizado...

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 23:19

link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags