.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Terça-feira, 22 de Abril de 2008

A importância de vir a ser HOMEM ESTÁTUA

Voltando à questão do que vou fazer em Londres, estou seriamente a ponderar planos B, C D e por aí fora.

E gostaria de nomear, desde já, e perante todo o mundo, que estou disponível para abraçar uma carreira de HOMEM ESTÁTUA.

Atenção que neste post pode estar o nascimento de uma carreira de sucesso de um HOMEM ESTÁTUA português no estrangeiro.

Esta tara nasceu com a minha última (e única) visita a Barcelona.

Desde já o meu agradecimento à relvynhas e respectivo cara metade.

As Ramblas são sem dúvida o topo de carreira para qualquer HOMEM ESTÁTUA de renome.

Lá tive oportunidade de confraternizar [leia-se dar moedas] com os melhores “desempenhantes” (esta palavra não existe) do mundo desta profissão.

Diria mais, a elite da arte de estar parado.

Existiam para todos os gostos, e curiosamente os que mais moedinhas recebiam raramente estavam parados, o que poderá significar o aparecimento de uma nova vaga, dentro da profissão.

Já há a nível mundial uma grandes discussão dentro da classe se de facto haverá futuro para estes HOMENS ESTÁTUA que não param quietos.

Eu estou do lado dos que acham que sim.

Acrescento, só existindo esta vertente é que coloco a hipótese de abraçar a profissão.

É que não me estou a imaginar estar imóvel mais que dois minutos.

Os pássaros iriam adorar.

Vejam o que eles fazem às estátuas a sério.

Todas cagadas.

Não quero o mesmo fim.

Aqui ficam alguns dos meus ídolos.

 

 

 

 

 

 

PS. Apesar deste post estar irónico, estou mesmo a ponderar este plano a que chamaria de C. Do B falarei proximamente.


publicado por Peter WouldDo às 23:24

link do post | favorito

De guiga a 23 de Abril de 2008 às 16:27
Esquece este plano, dedica-te ao anterior, seja ele qual for! looool
*.*


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags