.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Ora sai uma garrafinha de Evian para as meninas...

Vim a correr para o quarto para cuscar o que a Magda e a amiga (que não me lembro do nome) estavam a conversar.

Espero ter internet até ao fim do post, já que nos últimos dias tem falhado.

Motivo que não desculpa, porém, a minha ausência.

Regressando às brasileiras, estava eu sentado confortavelmente a jantar os meus noodles, quando chega a amiga da Magda toda equipada como se viesse dos Alpes.

Aqui em Londres está, de facto, frio, e tudo bem que ela é brasileira, mas não precisa de se vestir como uma muçulmana em que só os olhos se vêm…

Bem, a conversa delas rolou logo para a água, já que ela vinha com sede.

A Magda ofereceu-lhe um copo da sua garrafa que estava no frigorífico (ou sei que não faz sentido elas estarem com frio e beberem água do frigo, mas que havemos de fazer…) e a amiga atirou logo:

 

(ler com sotaque brasileiro sff)

- Qui água é essa? Não é da torneira, não?

- Não minina. Essa aí é comprada. Mas qui trabalheira tenho pra trazer ela do supermercado.

- É qui aqui a água não presta!

- Eu sei, agora só bebo Evian.

- Dessa também gosto.

- Às vezes penso como o meu fígado é forte, depois di tanta água que bebi em cá e em Portugal com cloro.

- Devi ser mesmo!

 

Por esta altura engasguei-me com uma bola de carne, que me estava a saber tão bem.

Não quero ser mauzinho, mas aquela referência a Portugal veio mesmo a calhar, com a minha presença na cozinha.

O meu pensamento resvalou logo para qualquer coisa como:

“No vosso país devias beber água muito melhor, suas..."

Claro que continuou por aí fora, mas como este blog é para toda a família, não posso transcrever.

Poucos segundos depois enfiaram-se no quarto.

 

Antes de terminar gostaria de comunicar que os avisos/gravuras regressaram.

Já há uns quantos espalhados pela casa, e desta vez dirigidos a mim.

Nos próximos dias haverá transcrições.

E que estórias eles trazem…

 

PS: Thanks Maciej for the banner.

sinto-me:
tags: , ,

publicado por Peter WouldDo às 22:45

link do post | favorito

De Nhanha a 26 de Novembro de 2008 às 08:53
De facto no país delas a água devia ser muito melhor devia... eu bebo água da torneira e não me queixo bagh ^^


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags