.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Domingo, 31 de Agosto de 2008

ORGULHO-ME de ser português


Fiquei farto de ouvir um português, que está comigo na Inglaterra, a dizer constantemente mal de Portugal e dos portugueses.

Por isso decidi criar um blog.

Talvez pelo menos lhe tire o sono uma ou duas noites, se ele algum o dia souber da existência desse mesmo blog... ou até deste.

O nome do blog é Nacionalista, o link é só clicar.

O nome do português fica em segredo, para já.

O conteúdo são notícias encontradas em sites estrangeiros que enaltecem algo Luso.

Façam uma visita.


publicado por Peter WouldDo às 23:26

link do post | comentar | favorito

45 years later, I also HAVE A DREAM...

  

 

A 28 de Agosto, 45 anos depois de Martin Luther King o ter dito a milhares de pessoas, eu recordei-me que também eu tenho um sonho.

Um sonho que só a mim me cumpre levar avante, e para o qual estou disposto a abdicar de parte da minha felicidade momentânea e até conforto.

Um sonho do qual não quero desistir...

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 18:24

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 30 de Agosto de 2008

Um dos meus ídolos: Jeremy Paxman

Hoje vou falar de um dos meus ídolos. E olhem que tenho poucos..

De uma forma simples pode dizer-se que ele amedronta os políticos...

Eu sei que é um emprego que todos gostaríamos de ter, mas não é para queleuer um.

No fundo, ele é jornalista. Ou pelo menos era, antes de se "reformar". Agora apresenta concursos.

O njome dele é Jeremy Paxman e é inglês.

Deixo-vos este vídeo com os melhores momentos dele a entrevistar figuras políticas.

Destaco o número de vezes que ele repete a mesma pergunta atá ter uma resposta.

 

O vídeo tem mais de seis minutos mas vale a pena.

Destaco a entrevista à senhora vestida de vermelho, por volta do minuto 3.

Faz-lhe 9 vezes a mesma pergunta.

E se acham que é muito, vejam logo depois John Howard com 12 vezes a mesma pergunta.

 

 

 

 

 

E ainda dizem que a Judite de Sousa é um bom exemplo de entrevistadora...

 

 

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 15:14

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

O Regresso do... emigrante

 

Resolvi regressar.

Não a casa, mas aos posts.

Sei que estive bué da tempo sem escrever, e por isso mereço ser punido.

Mas perdoem-me!

Durante os últimos dias tive um turbilhão de ideias, sentimentos e dores físicas que me afastaram do blog.

Talvez porque acreditasse que não conseguiria escrever com humor as minhas aventuras [que continuaram a acontecer] ou porque poderia transmitir o virus da "má onda" em que estava.

Por isso, considerem-me de volta... e com novas aventuras.

sinto-me: refrescado
tags:

publicado por Peter WouldDo às 23:11

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

As leis inglesas

Não sei como é que as editoras de livros ainda não se lembraram disso, mas aqui fica uma grande ideia de produto: um explicador das leis e tradições inglesas.

Na prática, seria um livro que desvendaria o porquê de algumas leis e tradições que nós, europeus continentais, achamos estranhas ou mesmo ridículas.

Seria o irmão do famoso livro que descreve excelentemete os holandeses, chamado de The Undutchables.

 

  Hoje vou abordar mais uma vez o álcool.

Já tinha explicado que em alguns locais publicos, como parques, é proibido o consumo de álcool.

Mas, entretanto descobri que é também proibido aos supermercados venderem bebidas alcoólicas entre as 23h e as oito da manhã...

 

Ou seja, os bares e discotecas podem, mas os supermercados não.

 

Outra parte engraçada desta "lei alcoólica inglesa" são as idades:

- Aos 14 anos um jovem pode entrar num bar, mas não pode beber bebidas alcoólicas;

- Aos 16 anos um jovem pode beber cerveja e cidra num restaurante ou pub enquanto como, mas não num bar;

- Aos 18 anos um jovem pode beber álcool em todo o lado, menos nos locais com o sinal de proibido, eh eh, eh;

- No entanto, só aos 21 anos é que se pode comprar bebidas alcoólicas num supermercado;

 

 

Estranho... 

 

Esperem até eu vos contar outra estória sobre o álcool... mas etílico.

sinto-me: alcoolizado

publicado por Peter WouldDo às 22:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Ryanair e os "blow jobs"

Não há dúvidas que as companhias aéreas low cost vieram revolucionar o mercado...
veja o exemplo da minha ida a Portugal em Setembro. A viagem de ida custou cerca de 50 euros e a de volta custou... 6 euros.

Por isso, e como ainda não tenho a certeza de onde estarei a trabalhar, comprei duas viagens de volta, com uma semana entre elas.

Assim, posso ficar em Portugal apenas um fim de semana ou uma semana e dois dias.

A perder só tenho... 6 euros.

Mas a Ryanair quer revolucionar o mercado transatlântico de viagens.

Vamos analisar a intenção:

Uma das formas das low cost terem preços mais baixo é a ausência de ofertas durante o voo: comida, bebidas e outras pequenas coisas...

Agora imaginem o que seria voo transatlânticos sem estas ofertas.

Já estou a ver os tugas a levar farnel para o avião... bolinhos de bacalhau, vinho tinto, uns panados, ovos cozidos...

O cheiro que não seria.

Mas, se pensam que não é possivel voos low cost a cruzar o atlântico vejam esta conferência de impensa do CEO da Ryanair, em que ele promete blow jobs...

A quem não sabe, não sou eu que vou explicar o significado desta palavra em português.

 


publicado por Peter WouldDo às 19:32

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags