Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loucura Londrina | Aventuras Em Blog

Um Português A Aprender a Viver Em Londres, E Nem Sempre Da Maneira Mais Fácil

Um Português A Aprender a Viver Em Londres, E Nem Sempre Da Maneira Mais Fácil

Loucura Londrina | Aventuras Em Blog

27
Mar09

Novo trabalho traz novos amigos

Peter WouldDo

 

 

Tenho a revelar que a minha vida mudou, desde que abracei esta carreira de jardineiro/carpinteiro/trolha.

Por estranho que possa parecer, desde que comecei este trabalho que tenho sido convidado para mais festas e encontros.

E até parece que tenho mais amigos.

A minha vida social levou uma completa revolução.

Mais gente me liga para ir tomar café.

Pedidos de amizade no Hi5 e Facebook que nunca mais acabam.

Não tem explicação.

Ou melhor, se calhar até tem.

Acho que são todos uns interesseiros e se estão a aproveitar do meu estatuto…

Fazem para serem vistos comigo, e alguns até têm o descaramento de pedirem para tirar uma foto a meu lado.

Depois, no dia seguinte, lá tenho eu que aparecer ao lado de Paris Hiltons e companhia.

Eu, que nunca gostei muito de aparecer em fotos…

 

É que cá por Londres não é fácil encontrar alguém que faça o que eu faço.

Economistas, contabilistas, financeiros e bancários são aos molhos.

Engenheiros e advogados aos chutos.

Médicos e enfermeiros é atirar uma pedra e acerta-se num de certeza.

Agora um jardineiro/carpinteiro/trolha não é coisa que se encontre por aí.

Acho até que será uma combinação em vias de extinção, se é que alguma vez houve outro especimem da raça humana a fazê-lo.

 

Até as minhas conversas se tornaram mais interessantes com essas pessoas.

Às vezes dou por mim sentado num bar e quando digo que sou jardineiro/carpinteiro/trolha, num ápice se junta à volta de mim uma multidão de pessoas a perguntar como é ser tudo isso.

Perguntam-me de qual gosto mais desses três trabalhos.

Pergunta à qual logicamente respondo que é como escolher qual o filho preferido: não se consegue.

Denoto um interesse fora do comum no meu trabalho.

E quando lhes começo a falar no meu projecto de pôr uma sebe a dar maças passam-se dos carretos.

Tenho de me deixar disso.

De sair tantas vezes.

Começo a sentir que qualquer dia ainda posso ser raptado.

Não seria a primeira vez que os norte-americanos raptam alguém para fazer estudos.

Se algum dia eu deixar de postar já sabem que o meu desti…

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Downloads

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D