.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

Futuro profissional

Não é desculpa, mas tenho andado muito ocupado a responder a anúncios de emprego.

Na próxima semana fico, outra vez, desempregado, e por isso não posso facilitar.

Ja tenho uma carrada de entrevistas para os próximos dias (3) e um teste in-loco amanhã.

Entre as entrevistas está um empresa que nem sequer quero dizer o nome mas que o logotipo é um M amarelo e redondo.

Claro que só resolvi concorrer para lá porque já começo a estar desesperado por encontrar um emprego permanente, que me liberte a cabeça para outros assuntos, que não procurar trabalho.

E se essa estebilidade for encontrada lá, perfeito.

Bem, perfeito nunca será, mas será bonzinho.

Macbonzinho.

Com uma fanta de tamanho médio e sem batatas fritas.

O teste que amanhã vou fazer, por outro lado, é para uma espécie de pastelaria francesa.

Tem uns bolos fabolosos, o que normalmente é a minha perdição.

 

Contas feitas, começo a ter boas hipóteses de nas próximas semanas entrar para as estatísticas do obesos de Inglaterra.

Cenário que até não será muito mau, porque pelo menos significaria que teria estabilidade profissional.

 

Pergunta que faço a mim próprio:

Queres ser gordinho e ter um emprego, ou magrinho e estares desempregado?

 

Resposta quase óbvia:

Óh, gordinho já sou. Isso significa que vou ficar gordo?

 

É nesta altura que entra o criador na conversa e diz:

Dá graças a Deus, que dizer a mim, por teres trabalho, porque na actual situação económico do mundo...

 

E eu, porque sou uma pessoa bem educada,  respondo-lhe:

Obrigado.

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 07:28

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Monica a 23 de Abril de 2009 às 19:08
Eu gosto de ti gordinho na mesma ;) beijos e boa sorte miudo


De Cubito a 24 de Abril de 2009 às 00:01
Olá Peter
Já te “sigo” à algum tempo, desde que meti na tola a minha ida para UK.
Sou enfermeiro e vou trab para Maidstone. Que n é London mas é mais calminho.
Mas queria dizer-te que, sem te conhecer, acho que tens uma coragem fantástica, e que vais de certeza conseguir, pela minha parte te garanto que se souber que precisam de algum carpinteiro/jardineiro/trolha ou para qualquer outra vaga (ex: de gestor) tanto faz, tu és o primeiro das minhas referências.
Um abraço e sinceramente a melhor das sortes.
Jorge



De Dora a 24 de Abril de 2009 às 01:15
Ola

Peter, o que você escreve no teu blog para mim tem sido uma vitamina, sempre que vou a net depois de ler os meus emails logo asseguir é o teu blog, adoro o teu sentido de humor e a humildade com que descreves a tua vida, identifico-me com a maior parte das situações que descreves. Adimiro a tua coragem e tem servido para mim uma das fontes de inspiração para continuar a tentar alcançar o objectivo que eu tenho em Londres. Continua a escrever porque es oficialmente a minha vitamina P do dia, espero que corra tudo bem.

Beijos


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags