.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

DALILA, you made may day!

Ontem, em conversa com mais dois portugueses cá da casa, chegamos à conclusão que os três tivemos uma vizinha chamada Dalila.

Isto apesar de termos vivido em diferentes partes do país.

Para além de ser uma curiosidade super interessante, ajudou-nos a ter um resto de dia ainda mais feliz.

Até acho que dormi melhor só por saber que há mais gente no mundo com uma vizinha chamada Dalila.

E depois de saber que afinal não sou o único, gostaria de ir mais longe.

Pois começo a desconfiar que pelo menos todos os portugueses já tiveram uma vizinha chamada Dalila.

O que nos torna, num mundo idílico, numa espécie de família.

Termos uma vizinha chamada Maria, Ana ou Isabel seria mais uma banalidade.

Mas ter uma vizinha Dalila é diferente, invulgar, incomum, especial, extraordinário e outros adjectivos que realcem a diferença.

É como haver um português a saber falar macedónio.

Ou um inglês a saber o nome do presidente da Comissão Europeia.

E agora que desconfio que quase todos os portugueses têm ou já tiveram uma vizinha chamada Dalila, posso comparar o fenómeno a uma grande coincidência.

Uma coincidência comparável ao facto de se misturarmos azul com amarelo dar verde.

Ou uma coincidência ao nível de todos os políticos já terem metido a mão ao saco.

Algo de que tomamos conhecimento e nunca teríamos previsto.

 

Mas o melhor da festa, é que o nome Dalila ainda dá para brincar.

“Olá Dalila, onde é que está o Sanção?”

Queria mandar um grande beijo à minha ex-vizinha Dalila.

E, já agora, para todas as dalilas de Portugal, do brasil e do mundo.

Lembrem-se que vocês fazem a felicidade dos vossos vizinhos.

Se vocês não existissem, o dia deles não seria o mesmo.

 

No fundo, acho que todos de agradecer às pessoas que escolheram o nome das nossas vizinhas chamadas Dalila.

Não fossem eles, e hoje este post não faria qualquer sentido.

Um sincero obrigado por terem escolhido Dalila como o nome da minha vizinha.

 

Estive a pensar seriamente no nome que vou escolher para a minha filha, se um dia vier a ter uma.

E decidi, depois de muita reflexão, que será Diana.

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 00:04

link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De GorgeousMind a 27 de Maio de 2009 às 11:04
Pedro,
Sansão e Dalila, ai ai o português.
Beijo


De Mónica a 27 de Maio de 2009 às 15:42
Entao e o que aconteceu à Sofia e a Ines?? mudas de ideia com muita facilidade! :p


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags