.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Feijões

Isto de trabalhar com muitas mulheres tem que se lhe diga.

E se são muitos os aspectos positivos também há os negativos.

Um dos negativos é que as mulheres são um pouquinho mais histéricas que os homens.

Só um pouquinho, mas são.

Ontem, estava eu no meu almoço a comer uma salada com feijões quando reparei que uma colega de trabalho disse o seguinte quando me viu:

“Pedro is eating beans”…

Logo de seguida gerou-se o pânico entre os restantes colegas de trabalho, e eu sem saber porquê.

Houve gente com as mãos na cabeça, a gritar e a correr de um lado para o outro.

Algumas foram logo de seguida à chefe pedir folga para o dia seguinte.

Outras começaram a chorar.

Uma colega mais alarmista chegou a escrever o testamento.

Uma das coisas mais estranhas na cena é que quando comentavam algo, e ao mesmo tempo que olhavam para mim, apertavam o nariz.

Devem andar todas constipadas, só pode.

Cá tem estado calor, depois de alguns dias de frio.

E devem andar com resfriados.

O resto do dia foi passado de uma forma estranha.

De vez em quando passava uma das colegas por mim e ao chegar ao pé das outras elas perguntavam:

“It’s already working?”

A que tinha vindo ao pé de mim respondia que não.

Ainda hoje não descobri o que elas queriam dizer com isto.

No início ainda pensei que elas tinham invejado a minha salada de feijões.

Mas era só ir comprar uma ao supermercado, como eu fui.

Depois veio-me ao pensamento que na empresa poderia haver qualquer política parecida com as sextas-feiras de jejum da igreja católica, mas na versão de terças-feiras e com feijões no lugar da carne.

Mas isso também faz pouco sentido.

Bem, a verdade é que desconheço porque elas fizeram tal teatro ao ver-me a comer a minha rica salada de feijões.

 

Termino este post com uma notícia desagradável: esta noite morreu a minha planta de estimação.

Tinha-a no meu quarto.

E ainda ontem à noite parecia saudável…

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 00:04

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De guiga a 3 de Junho de 2009 às 15:25
Pois, não sairam durante o trabalho, mas sairam durante a noite. Mataste a planta! LOL
Mas olha que é desaconselhável ter plantas nos quartos. Elas também consomem oxigénio!
*.*


De Pedro B. a 3 de Junho de 2009 às 17:08
Fizeram esse circo todo porque são bifes.


De Miguel a 14 de Junho de 2009 às 20:01
camarada penso que o It’s already working?” se referia aos teus intestinos, não sei se estas a ver feijões,gases e tal e coisa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags