.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Intervalos publicitários

Intervalos publicitários

 

 

A personagem principal do filme está quase a ser morta ao tentar salvar o grande amor da vida dele quando começa o intervalo publicitário.

Em Portugal temos tempo para ir à casa de banho mijar nas calmas, pelo caminho pegar num iogurte do frigorifico e comê-lo até ao fim, ir apanhar a roupa que estava a secar no estendal, ir ao quarto buscar uma camisola de manga comprida porque entretanto ficou frio, voltar à casa de banho e dar uma olhadela no autoclismo que parece estar avariado, voltar à sala e ainda ver cinco minutos de anúncios, entre os quais o novo álbum do Emanuel.

Mas pelo menos sabemos que temos pela frente mais 45 minutos de filme.

 

Na Inglaterra, a personagem principal do filme não chega sequer a conhecer a gaja e já é intervalo.

Um gajo põe-se a pé para ir mijar e ainda mal abriu a braguilha e já o filme está a rolar outra vez.

Como o autoclismo está avariado, se fico lá a tentar consertá-lo quando volto à sala já é intervalo outra vez.

Levanto-me para ir buscar um iogurte e mal tenho tempo de o abrir, pois o filme voltou à acção.

Levo o iogurte para a sala e como-o enquanto vejo o filme.

Consequência: deixo cair iogurte na t-shirt.

Passados cinco minutos começa o terceiro intervalo, durante o qual tento limpar o iogurte da t-shirt.

É então que me lembro de que tenho a roupa a secar, mas não tenho tempo de a apanhar porque entretanto recomeçou o filme.

Volto à sala e enquanto me sento reparo que começou a chover.

Não posso, porém, apanhar a roupa senão perco a cena em que a personagem principal quase morre ao tentar salvar o grande amor da vida dele.

No intervalo seguinte nem sequer tento apanhar a roupa porque voltou a ficar molhada.

Opto por ir buscar uma camisola de manga comprida ao quarto porque ficou frio ao chover.

Volto a correr para a sala porque o filme já recomeçou.

No intervalo seguinte desisto de fazer seja o que for porque fiquei estafado com tantas correrias e fico a ver os cinco minutos de anúncios publicitários, entre os quais o novo álbum do Emanuel.

Conclusão:

Tirando a publicidade ao novo álbum do Emanuel, a televisão cá na Inglaterra é bem diferente da de Portugal…

sinto-me:

publicado por Peter WouldDo às 00:04

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De guiga a 26 de Agosto de 2009 às 16:11
Venha o diabo e escolha! Fónix! LOL
*.*


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags