.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

A minha primeira semana de trabalho

 

Acho que nunca falei da minha primeira semana de trabalho na matchesfashion.com

Chegou o dia.

A minha primeira semana de trabalho foi traumatizante.

Dormia mal, e no metro não parava de cismar no assunto.

Tudo devido ao trabalho.

Ou melhor, porque todos os dias depois daquelas oito horas os chefes me diziam… obrigado.

Eu ia para casa a pensar naquela palavra.

Questionava-me se seria essa a forma de pagamento: um obrigado.

Se no final do mês não teria direito ao salário, porque eles já me tinham pago diariamente com um… obrigado.

Se teria coragem de no dia seguinte fazer sorna sabendo que iria receber um obrigado.

Não fazia sentido na minha cabeça que alguém, que nem patrão é, pudesse agradecer a um subordinado pelas oito horas de trabalho exercido.

Isso nunca poderia acontecer juntamente com um salário ao fim do mês.

Pelo menos a sociedade assim me tinha ensinado.

Na sexta-feira, já completamente sonolento e cansado, decidi abordar um colega de trabalho:

- Eles pagam-te ao fim do mês?

- Claro! Eu trabalho, não trabalho?

- Sim, mas eles também te agradecem diariamente.

- Ahhh, mas isso faz parte da boa educação, e é uma forma de agradecimento pelo bom desempenho.

 

Afinal, alguns dos ensinamentos que a sociedade - onde vivi a maior parte da minha vida - me passou estavam errados.

Os chefes também são capazes de um simples… obrigado.

E somos na mesma pagos ao final do mês.

 


publicado por Peter WouldDo às 00:04

link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Blond a 8 de Outubro de 2009 às 10:18
Um simples obrigado pode fazer verdadeiras maravilhas não é?


De Lacra a 19 de Outubro de 2009 às 11:33
Fossem todos assim...um obrigado pode fazer toda a diferença...Olha uma coisa, o aeroporto stansted é muito longe do centro de londres? estava a pensar ir aí dia 19 de novembro e aproveitar e ir a uma festa do Matter at The O2, em Greenwich, penso eu, é muito longe ou easy easy? beijinhos, obrigado


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags