.posts recentes

. O Irmão do loucura Londri...

. ...

. O penteado da nova estaçã...

. O gajo vestido à labrego

. Música ao acaso

. Pedido de ajuda para desc...

. Experimentando gadgets

. ti. ti. ti. ti. ti. ti. t...

. Três quilos e meio baralh...

. Como os rumores mudam a m...

. Post sobre cuecas II

. As minhas cuecas

. Momento estranho da seman...

. 110 minutos de sono profu...

. Ainda não morri... ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.Posts mais comentados

Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Depois disto, nada me espanta mais

Ontem à noite (quinte-feira) desloquei-me com mais quatro "mates" portugueses ao bar fashion de Rugby: o Walkabout.

Bacardi Frezzers a 1,5 libras... música dance dos anos 80 e 90 (apesar de gostar deste tipo de música, cá os DJ's não valem nada)... muitas miudas (garotas - cá a quinta também é a noite dos estudantes)... e muita animação.

A meio da noite, já depois de duas Frezzers, deu-me vontade de ir à casa-de-banho, como é normal. Lá fui eu.

Tcharan

 

repito

 

Tcharan

 

Não sabem o que fui lá encontrar.

Antes de vos dizer o que foi só digo: "Depois disto, nada me espanta mais".

 

Os mais depravados devem estar a pensar que vi um casal a fazer sexo na casa-de-banho, mas não.

Muito melhor.

E também não era nenhum bacanal.

 

era...

 

Um gajo a vender borrifadelas de perfume por uma libra cada.

 

(fecha a boca de espanto)

 

Era mesmo, uma gajo com uma mesinha ao pé com cerca de seis perfumes em cima a vender borrifadelas de cheiro.

 

Para a cena ser mais Hitchocoquiana, o gajo estava sóbrio.

Sintam-se na pela do pobre homem:

 

Sóbrios,

numa casa-de-banho cheia de gajos bêbedos,

um cheiro normal para mijadelas fora do alvo,

a vender borrifadelas de Calvin Klein.

 

Não, não me mijei a rir, mas mijei a rir (percebem a piada???)

Aliás, andei o resto da noite a ir mijar, para me voltar a divertir.

E o coitado do homem lá estava, a vender borrifadelas.

 

Num próximo post vou desenvolver o seguinte assunto: sovaco dos ingleses.

Dessa forma talvez compreendam melhor a cena.

A noite não foi a mesma.

sinto-me: a morrer a rir

publicado por Peter WouldDo às 02:17

link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De sandra c. a 18 de Julho de 2008 às 09:55
eh pa, parti-me a rir!!! onde te foste tu meter amiguinho?!?! cá não eras muito "escorreitos", mas olha que isso até podia ser alta oportunidade de negócio...
beijinho


De Aida Sofia a 18 de Julho de 2008 às 11:59
Fiquei admirada, mas não muito. Em Roma, em discotecas fashion, vi velhotas a vender chupa-chupas no WC, o que também não é muito normal.
mas vender borrifadelas...ainda se fossem gratuitas como em alguns sítios... enfim!


De guiga a 18 de Julho de 2008 às 15:12
E ele borrifava para onde? loooooooooooooool
*.*

Bom fim-de-semana! *.*


De Monica a 18 de Julho de 2008 às 16:26
EH EH EH...E ainda estavas tu preocupado em não arranjar la trabalho...Em ultimo recurso borrifas, miudo ;). Agora estou curiosa, sera que o mesmo se passava no WC das senhoras? hummm...para a proxima vez que la fores faz-me esse "favor" e vai la ver...Lol. Acho que quem sai de la "borrifado" - ao pontapé - es tu...:).P.S- o post dos sovacos ingleses passo...**


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags